Voos em Oferta

Passagens aéreas de Brasília para Miami por R$ 3 mil; veja mais ofertas

As promoções são para viagens de agosto a novembro deste ano. (Foto: Inframerrica).

Na promoção da Gol os destaques são as passagens aéreas de Brasília para Buenos Aires por R$ 1, 6 mil, valor com taxas inclusas.

As companhias aéreas que oferecem voos internacionais estão vendendo passagens aéreas com descontos especiais para embarque em Brasília, São Paulo, Curitiba e Belo Horizonte. As passagens aéreas da capital federal para Lisboa, em voo direto da TAP Portugal, estão sendo vendias por R$ 4,6 mil, valor com taxas inclusas. (Veja detalhes na imagem abaixo). Essa promoção está disponível para viagem no mês de agosto deste ano.

Nos voos da Copa Airlines dos destaques são as passagens aéreas de Brasília para Miami por R$ 3.084,00. Esse voo é para o mês de novembro deste ano com troca de aeronave na Cidade do Panamá. Na promoção da Gol os destaques são as passagens aéreas de Brasília para Buenos Aires por R$ 1, 6 mil para viagem em setembro, no encerramento da temporada de inverno na Argentina.

Compre aqui passagens Brasília/Miami por R$ 3.084 (ida e volta)

Promoção voos de São Paulo

Nos voos de São Paulo a nossa equipe encontrou passagens aéreas por R$ 1,4 mil para Buenos Aires, Cidade do Panamá por R$ 2,4 mil, e Lisboa pelo valor de R$ 4,4 mil. Quem está em Belo Horizonte encontra ida e volta por R$ 1,7 para Buenos Aires, e saindo de Curitiba a viagem para a capital argentina poderá ser realizada por R$ 1,6 mil.

As promoções são para viagens nos meses de agosto, setembro, outubro, novembro deste ano, exceto nos feriados deste período. A compra das passagens aéreas com descontos poderá ser realizada até às 20 horas de sexta-feira (17/6).

Passagens aéreas de ida e volta com taxas inclusas

Partindo de Brasília

Passagens aéreas de ida e volta com taxas inclusas

Partindo de Belo Horizonte

Passagens aéreas de ida e volta com taxas inclusas

Partindo de São Paulo

Passagens aéreas de ida e volta com taxas inclusas

Partindo de Curitiba

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Correio Braziliense.